Minas Gerais: as melhores 15 cidades para morar!

Minas Gerais: as melhores 15 cidades para morar!

Minas Gerais tem 853 municípios onde vivem cerca de 22 milhões mineiros. É o segundo no país em número de habitantes e o quarto em extensão territorial.

Na matéria estão 15 primeiras cidades mineiras mais bem colocadas no ranking que compõem o último Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) e no final, link com a listagem completa. (na foto acima de @julio_defreitas, a divisa de Nova Lima com Belo Horizonte) Não se trata de pesquisa e sim cálculos baseado em informações fornecidas pelos municípios ao Governo Estadual, que encaminha ao Governo Federal, que por fim, encaminha os dados para a ONU, que faz o cálculo. O critério é o mesmo para todos os países. Basicamente, são levados em conta três itens: vida longa e saudável (nascimento por mortes, saneamento básico e longevidade), acesso ao conhecimento (educação pública em todos os níveis e crianças na escola) e padrão de vida (renda e emprego). A partir dos cálculos de cada um desses fatores, se chega ao índice geral de IDHM, organizado no Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil, feito em 2010 e divulgado em 2013.

          O cálculo de IDHM é feito a cada 10 anos e divulgado 3 anos depois. O próximo calculo será em 2020, com divulgação prevista para 2023.
A metodologia do índice foi adaptada do IDH Global pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pela Fundação João Pinheiro.

—————————————————————————————————————-
Muito alto, de 0,800 a 1;(2 municípios).
Alto, de 0,700 a 0,799;(226 municípios).
Médio, de 0,600 a 0,699;(552 municípios).
Baixo, de 0,500 a 0,599;(73 municípios).
Muito baixo, de 0 a 0,499;(nenhum município).
O IDHM do Estado de Minas é 0,731, considerado alto, sendo o nono no Brasil. Veja na listagem abaixo a colocação de cada cidade de Minas Gerais no ranking da ONU.
Veja as 15 primeiras cidades do ranking.
01.º Nova Lima – IDHM 0,813

Nova Lima, com cerca de 90 mil habitantes e a 30 km de Belo Horizonte, atingiu o maior índice no IDHM, 0,813, sendo a primeira do ranking e a melhor cidade de Minas para se viver.(foto acima de Andréia Gomes). Montanhas, belas paisagens, distritos pitorescos, excelente gastronomia típica, faz com que Nova Lima seja um pólo turístico e gastronômico e destaque na produção de cervejas artesanais em Minas e no Brasil. É o terceiro maior produtor de cervejas artesanais no país. É portando a melhor cidade de Minas Gerais para se viver com ótimos índices na avaliação. 99,47% das crianças entre 5 e 6 anos estão matriculadas em escolas. A proporção de estudantes no Ensino Fundamental é de 90,89%.

02.º Belo Horizonte – IDHM 0810

A capital Belo Horizonte, (foto acima de Charles Tôrres/BHumafotopordia) ficou em segundo lugar no ranking com IDHM com o índice 0,810. Com cerca de 2,5 milhões de habitantes, Belo Horizonte é a sexta cidade mais populosa do país. Segundo o Population Crisis Commitee, da ONU, Belo Horizonte está entre as 100 melhores cidades do mundo, ocupando a posição45.ª no ranking das melhores metrópoles. Segundo a revista América Economia,  é uma das 10 melhores cidades para fazer negócios da América Latina.
Belo Horizonte oferece uma boa qualidade de vida a seus moradores. A cidade possui importantes monumentos, cerca de 60 parques, 68 museus, dezenas de teatros, uma boa infraestrutura urbana e uma excelente gastronomia.

03.º Uberlândia – IDHM 0,789

É uma das mais desenvolvidas cidades do Brasil, tanto na indústria, como no agronegócio, sendo este um dos grandes destaques do município do Triângulo Mineiro. Uberlândia (foto acima de Jorge Nelson) é a terceira do ranking com IDHM de 0,789. Entre as cidades melhores cidades brasileiras com melhor índice de desenvolvimento nas áreas de Saúde, Educação, Emprego e renda, está na 27.ª posição.

04.º Itajubá – IDHM 0,787

O município de Itajubá, no Sul de Minas(na foto acima de Jô Casarini) está na quarta posição no ranking, com IDHM de 0,787.  Com mais de 100 mil habitantes é um dos mais industrializados municípios do interior de Minas e destaque nacional em educação e distribuição de renda. Apenas 1,03% de sua população é considerada extremamente pobre.

05.º Lavras – IDHM 0,782

Na quinta posição no ranking, está Lavras (foto acima de Gilson Nogueira) na região do Campo das Vertentes. Seu IDHM é de 0,782. O município se destaca pelo bom nível educacional da sua população e a boa qualidade de vida que oferece a seus moradores.

06.º Poços de Caldas – IDHM 0779

0,779 no IDHM, Poços de Caldas é uma das mais belas cidades de Minas e uma das estâncias hidrominerais mais procurados por turistas graças as suas fontes de águas medicinais, usadas em diversas terapias, seus doces e artesanato. Algumas indústrias se destacam na cidade como as de sabonetes de qualidade e de objetos decorativos em vidro fundido, que lembram os feitos na cidade italiana de Murano

07.º Juiz de Fora – IDHM 0,778

Conhecida como a Manchester mineira, Juiz de Fora (foto acima de André Saliya) com IDHM de 0,778, tem hoje mais de 565 mil habitantes, com uma das mais altas expectativas de vida e uma das mais altas rendas per capita do país, além de índices de escolaridade maiores que a média mineira. É a maior cidade da Zona da Mata e uma das que mais se destacam em Minas em investimentos em qualidade de vida.

08.º Varginha – IDHM 0,778

A famosa cidade do Sul de Minas, com cerca de 135 mil habitantes, distante 318 km de Belo Horizonte (fotografia acima de Marselha Rufino) está na oitava posição com IDHM de 0,778. Localizada na metade do caminho entre Belo Horizonte e São Paulo, é a porta de entrada para o Lago de Furnas. Essa posição geográfica privilegiada facilita o escoamento de sua produção de café e outros produtos através de sua estação aduaneira, único porto seco do sul de Minas. Além do cultivo do café e do turismo, Varginha é conhecida desde 1996 como a “cidade do ET”, quando duas irmãs viram uma criatura, segundo Ufólogos, eram um Extra Terrestre. O fato até hoje atrai ufólogos e curiosos para Varginha.

09.º Lagoa Santa – IDHM 0,777

Lagoa Santa (foto acima de Sônia Fraga) tem o IDHM de 0,777. Faz parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, distante apenas 40 km e com pouco mais de 50 mil habitantes. Cidade tranquila e muito procurada para quem busca um lugar promissor para viver. É conhecida no mundo todo por pela variedade de descobrimentos fósseis que constituem o rico acervo arqueológico da região.Além disso, belezas naturais do município chamam a atenção, bem como seus doces. Lagoa Santa faz parte da Rota das Doceiras de Minas Gerais. O seu mais belo atrativo é a lagoa, que faz parte de área ambiental protegida por lei. Segundo crenças, as águas da lagoa possuem propriedades curativas, crença esta que motiva pessoas a se banharem em suas águas.
10.º Itaú de Minas – IDHM 0,776
Itaú de Minas está 360 km de Belo Horizonte, no Sudoeste de Minas comIDHM de 0,776, conta com 100% de suas crianças entre cinco e seis anos frequentando escola e a expectativa de vida chega 76,7 anos. A cidade tem grande vocação industrial. Um dos grandes fomentadores do desenvolvimento econômico da cidade é a famosa fábrica de cimento Itaú, considerada a maior fábrica de cimento da América Latina. Além do cimento, Itau de Minas possui uma das mais importantes jazidas de calcário, administrada pelo Grupo Votorantim.

11.º Viçosa – IDHM 0,775

Viçosa é uma das cidades mais desenvolvidas de Minas Gerais.  Seu IDHM é de 0,775. Com mais de 75 mil habitantes, a maioria destes jovens, a população do município é predominantemente urbana, mais de 92% de seus habitantes vivem na cidade. É um dos grandes pólos de educação em Minas Gerais, graças a presença da Universidade Federal de Viçosa (na foto acima de Chico do Vale), fundada em 1926, pelo por Arthur Bernardes, presidente da República na época e nascido na cidade. A Universidade organiza anualmente centenas de eventos científicos e acadêmicos, o que atrai várias pessoas do Brasil e do mundo para a cidade. Um dos grandes atrativos da cidade é o doce de leite, produzido pela própria Universidade. É considerado um dos melhores doces do mundo.  Sua população é composta na sua maioria por jovens, o que confere uma dinâmica à cidade, além do grande número de festas que se realizam durante a semana.

12.º Pouso Alegre – IDHM 0,774

Pouso Alegre (foto acima de Fernando Campanella) tem o IDHM de 0,774. A bela cidade do Sul de Minas é um dos mais importantes pólos regionais do Estado, com grande atividade industrial, comercial e agropecuária. De posição geográfica privilegiada, as margens da Rodovia Fernão Dias, no corredor industrial Belo Horizonte – São Paulo, facilitando assim o escoamento rápido de sua produção industrial e agrícola. É a décima maior cidade de Minas Gerais, com cerca de 150 mil habitantes e a segunda do sul de Minas.

13.º Araguari – IDHM 0,773

Araguari é a terceira maior cidade do Triângulo Mineiro. (foto acima de Thelmo Lins) Seu IDHM é 0,773. Está situada numa posição geográfica estratégica, servida por rodovias federais e estaduais, além de ferrovias. É uma grande produtora de leite e gado de corte, além de grãos e frutas como, soja, laranja, milho, sementes de girassol e uva onde a fruta é colhida e processada na indústria local. 70% do suco consumido no Brasil saem de Araguari. Além disso, o município produz café de alta qualidade, considerado um dos melhores cafés do mundo, bem como é o maior produtor de tomate do Estado.
O destaque de Araguari não é somente na indústria e agropecuária. O município é um pólo regional de turismo, sendo rico em cultura, folclore e artesanato. Suas belezas naturais, com mais de 100 cachoeiras, reservas ecológicas intactas, grutas, fauna e flora exuberante e inúmeras opções de lazer oferecidos pelos lagos das hidrelétricas próximas ao município são atrativos para os amantes do ecoturismo e prática de esportes radicais.

14.º Uberaba – IDHM 0,772

Uberaba, no Triângulo Mineiro tem cerca de 331 mil habitantes e IDHM de 0,772 (na foto acima de Jorge Nelson) tem cerca de 325.279 mil habitantes e IDHM de 0,772. Famosa por ser a capital mundial do gado Zebu, raça de origem indiana introduzida em Minas Gerais no final do século 19, por criadores da cidade, sendo hoje pólo na criação, desenvolvimento genético e comercialização do zebu. Uberaba sedia a maior empresa de inseminação pecuária no país, a Alta Genetics. Todos os anos, acontece na cidade a Expozebu, a maior feira de gado zebu do mundo.  Uberaba se destaca também pela limpeza, sendo considerada uma das 10 cidades mais limpas do Brasil. Na cidade pode se encontrar um rico artesanato, o Museu Paleontológico de Peirópolis, distrito da cidade, bem como um conservado patrimônio histórico e cultural, principalmente os de cunho religioso, como o Reinado de Nossa Senhora do Rosário e as Folias de Reis. Foi em Uberaba que viveu Chico Xavier, famoso médium espírita que deixou uma grande obra na cidade. Uberaba tem ainda várias áreas verdes e diversas cachoeiras pelo município.

15.º Araxá – IDHM 0,772

Araxá é famosa por ser a terra em que viveu Dona Beja, famosa cortesã que escandalizava a sociedade do século 19 que virou tema de novela, filme e samba enredo de escola de samba carioca.Além disso, Araxá (foto acima de Arnaldo Silva) é uma das mais belas cidades de Minas Gerais, considerada o maior spa de águas radioativas e medicinais do país. Suas águas e principal atrativo estão concentrados no Parque do Grande Hotel de Araxá, inaugurado por Getúlio Vargas em 1944,cuja arquitetura tem forte inspiração nos castelos europeus da Idade Média e todo o glamour da década de 1940, com luxuosos salões. No local estão as fontes de água radioativas, a preferida de Dona Beja e a fonte de água sulfurosa. As famosas termas de Araxá, ficam ao lado do Grande Hotel, oferecendo acupuntura, massagens, sauna, duchas, banhos medicinais e terapêuticos com lama e água sulfurosa.
Além de sua história e águas medicinais, Araxá está próximo a uma as entradas do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde nasce o Rio São Francisco e possui paisagens com rios e cachoeiras deslumbrantes, muito procurada por amantes do ecoturismo.
Na cidade estão sediadas várias empresas, inclusive de grande porte, entre elas a CBMM, mineradora que explora o ferro-nióbio e a Vale Fertilizantes, que explora rocha fosfáltica e fertilizantes fosfatados. A mineração é sem dúvida a grande mola propulsora do desenvolvimento industrial da cidade, bem como a agropecuária, o variado comércio local e o turismo, já que a cidade é uma das mais procuradas por turistas tanto de Minas, quanto do Brasil e do mundo, que vem à cidade conhecer as Termas de Araxá.

São 853 municípios mineiros, não tem como listar um por um, de acordo com sua colocação aqui, ficaria muito extenso. Neste link (https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_munic%C3%ADpios_de_Minas_Gerais_por_IDH-M) tem a posição de cada um dos 853 municípios mineiros, do primeiro ao último, 853º. Basta copiar e colar.
Via: conhecaminas


Deixe uma resposta

Open chat
Atendimento Online!