10 dicas para decorar ambientes pequenos

Os apartamentos pequenos ganham cada vez mais a preferência do consumidor, mas como decorar pode ser um desafio

Eles são um charme, estão cada vez mais valorizados e já caíram no gosto popular. Os apartamentos pequenos – e entre eles os studios – se sofisticaram e ganharam status de cool, a palavra em inglês para coisas descoladas.

Venda ou Compre Móveis usados em BH

E não é para menos, já que a procura é imensa, principalmente entre solteiros, jovens executivos, casais jovens sem filhos, separados ou viúvos, para temporada, como investimento e até como segunda casa, facilitando a vida de quem prefere morar perto do trabalho durante a semana. Mas será que é fácil decorar este tipo de imóvel?

COMO USAR MÓVEIS RÚSTICOS NA DECORAÇÃO DE AMBIENTES MODERNOS?

A verdade é que a decoração ao longo do tempo também se adaptou aos espaços reduzidos e hoje oferece muito conforto unido à praticidade e à beleza. Quer ficar por dentro de todas as possibilidades? Veja nossas dicas de decoração e prepare-se para caprichar ainda mais na decoração apartamento!

1. Decoração casa pequena: princípios básicos

Antes de começar, a melhor dica de decoração é imaginar que quanto mais objetos estiverem soltos pela casa, menos espaço sobrará. Há pessoas que pensam que só porque o apartamento é pequeno não há lugar para guardar tudo, mas há sim – é só não ter coisas em excesso.

Então a dica é desentralhar, doar ou jogar fora tudo o que não tem serventia, que está duplicado ou não é usado há muito tempo, sejam roupas, objetos ou eletrodomésticos. É nessas horas em que menos é mais: viver com o essencial para ser feliz, deixando a vida mais leve.

dicas-decoracao-ambiente-pequeno

2. Use e abuse das cores claras

As cores claras dão sensação de amplitude, fazem o ambiente parecer maior. Isso não significa que tenha que ser tudo branco ou bege: se você gosta de tons quentes é possível usá-los em uma parede ou no teto.

COMO VENDER MÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS USADOS PELA INTERNET?

Uma ideia é compor cores claras ou pastéis com objetos e acessórios coloridos, como almofadas, tapetes, abajures e quadros, dando pontos de cor por todo o apartamento.

3. Privilegie a iluminação natural e a iluminação artificial indireta

A iluminação natural também ajuda a ampliar os ambientes e a torná-los mais leves e saudáveis. A dica de decoração, então, é explorar bem a luz do dia que entra por cada janela. Use venezianas ou cortinas bem leves com blackout – até por conta da privacidade. Evite estantes ou qualquer objeto que impeça a iluminação natural.

Na iluminação artificial, dê preferência à indireta. A luz branca torna os ambientes maiores, mas também os deixa mais frios. Com pontos de luz amarelos espalhados você destaca cantos e objetos, criando um jogo de luz e sombras. O efeito quase cênico multiplica o espaço.

4. Crie jogos visuais com os espelhos na decoração casa

O que parece uma dica de decoração boba pode fazer verdadeiros milagres pelo ambiente. Os espelhos criam jogos visuais muito interessantes e podem praticamente dobrar a profundidade do local.

MÓVEIS USADOS – SAIBA COMO REUTILIZÁ-LOS NA DECORAÇÃO

Use-os em paredes inteiras, nas portas dos armários ou nos móveis – como em aparadores e mesas de centro ou de canto. Se quiser conferir mais leveza e suavidade, faça uma composição com pequenos espelhos.
5. A escolha do sofá para decoração sala

Na decoração da sala a escolha do sofá certo é fundamental. Evite sofás muito grandes, que ocupam muito espaço físico e visual. Dê preferência a unidades de, no máximo, 3 lugares.

Faça a complementação de lugares com peças pequenas, como pufes, que podem ser facilmente movidos de lugar. Assim eles oferecem conforto e não atrapalham a circulação. Um pufe estofado também pode substituir a mesa de centro, tornando-se mais uma opção para sentar.

6. Preste atenção nas medidas para a escolha dos móveis

Este é outro item importante na decoração da casa, prestar atenção às medidas. Para evitar bater com o joelho ou com o pé, o ideal é que haja um espaço mínimo de 60 cm para circulação segura. Isso vale para todos os cômodos, mas principalmente a sala, onde a movimentação costuma ser maior.

7. Linhas dos móveis também influenciam na decoração

A percepção que temos dos espaços também é influenciada pelas linhas dos móveis. As verticais passam a sensação de grandiosidade, elegância e estabilidade. Já as horizontais passam a sensação de segurança, paz e calma.

Aqui, a dica é usar ambas de forma inteligente, de acordo com o cômodo. Na decoração da sala, o ideal são as linhas verticais. Já na decoração do quarto, as horizontais são um toque mais pessoal e aconchegante.

8. Aposte na marcenaria inteligente – muito além do sofá-cama

O conceito de móvel inteligente ganha cada vez mais o mercado da decoração de apartamentos pequenos. Se houver a oportunidade de fazê-los sob medida, é possível aproveitar ainda mais os espaços.

A ideia aqui é utilizar a criatividade e bolar peças estratégicas. Mesas embutidas no balcão da cozinha com estante abaixo do tampo, mesas de centro que se transformam em escrivaninha, poltronas e sofás que guardam livros e estantes divisórias rotativas que servem a dois ambientes são apenas algumas das ideias geniais para decoração.

9. Use mais as paredes

Tudo o que puder tire do meio do caminho e pendure nas paredes, mas sem caos. TVs, estantes aéreas, nichos para livros, brinquedos e até papel higiênico, cabideiros, porta-pratos e talheres. Use e abuse de prateleiras.

Utilizando as paredes de forma inteligente, o ambiente fica mais limpo, mais bem aproveitado e ainda com um caráter decorativo bastante interessante.

dicas-decoracao-ambiente-pequeno (2)

10. Faça uma decoração inteligente

A decoração inteligente é aquela que usa elementos para dar sensação de amplitude ao ambiente. Um bom exemplo disso são os quadros ou adesivos decorativos: uma grande imagem contínua dá a impressão de um cômodo maior. O efeito fica especialmente bom na decoração do quarto.

Via: imovelweb



Deixe uma resposta

Open chat
Atendimento Online!